Como saber se o seu telefone foi hackeado. 12 sinais

[ware_item id=33][/ware_item]

Na era moderna de hoje, os telefones celulares não são menos que computadores poderosos. Eles tornaram possíveis todas as tarefas e esforços que parecem impossíveis alguns anos atrás. Além disso, todas essas tarefas consideradas ficção científica.


A segurança do telefone móvel é essencial, pois inclui uma quantidade considerável de dados privados e confidenciais. As informações pessoais incluem contatos, mensagens de texto, comunicação por email e também acesso a diferentes aplicativos de mídia social.

Portanto, é crucial e necessário proteger nossos telefones de hackers. Todo indivíduo deve tomar algumas ações instantâneas se seus smartphones estiverem comprometidos ou invadiram.

12 sinais o que mostra que seu celular está invadido:

Tendo em vista a importância da segurança do telefone móvel, neste artigo, discutiríamos 12 sinais diferentes que indicam que alguém cortou o telefone.

Além disso, como seu pouco descuido pode dar aos hackers acesso ao seu telefone. Os sinais são os seguintes:

1 - Seu telefone funciona mais devagar do que antes:

Os vírus e malware em execução em segundo plano podem afetar seriamente o desempenho de vários aplicativos em execução no seu dispositivo. Além disso, também pode acionar a conexão de rede às vezes. Portanto, é importante observar que a atualização do sistema operacional pode causar danos ao dispositivo.

Não perca o controle ou fique ansioso se o dispositivo não funcionar bem, mesmo após a atualização. Da mesma forma, se sua memória interna ficar cheia devido à instalação de ótimos aplicativos, o desempenho geral será afetado sem a presença de vírus ou malware.

2 - Mensagens falsas:

Caso seus amigos ou qualquer outra pessoa dos seus contatos estejam reclamando sobre o recebimento de um email ou mensagem de texto que você não enviou, isso indica que algo está incorreto. Da mesma forma, se você estiver recebendo algumas comunicações suspeitas e estranhas, é claro que seu telefone comprometeu.

3 - Aplicativos falsos:

É evidente que o fabricante do dispositivo ou o provedor de serviços pode instalar aplicativos no seu dispositivo sem o seu consentimento. No entanto, se os aplicativos de notícias começarem a aparecer, verifique se eles são legais ou não.

Para o lado seguro, você deve pesquisar sobre os aplicativos no Google e verificar as resenhas em vários sites de tecnologia. As suscetibilidades no sistema operacional podem permitir que os malwares Android e iOS obtenham mais intensidade. Isso lhes dará a capacidade de evitar recursos de segurança que permitem roubar dados, gravar e reter chamadas e mensagens de texto, roubar suas sessões de mídia social e de banco on-line e criar todo tipo de caos.

4 - Os aplicativos não estão funcionando corretamente:

Se de repente seus aplicativos pararem de funcionar, o que anteriormente funciona bem, é sinal de que algum malware está bisbilhotando a funcionalidade do aplicativo. Se esse problema surgir logo após a atualização do sistema operacional, é a atualização a verdadeira culpada e o próprio malware..

5 - Um aumento no uso de dados:

Se você observar que o uso de dados parece muito mais significativo do que o esperado, principalmente se o aumento for observado logo após algum evento suspeito. Naturalmente, indica que o malware está transferindo dados do seu dispositivo para outras partes.

Você também pode verificar o uso de dados por aplicativo se algum aplicativo mostrar que você está usando muitos dados que eles fornecem para a funcionalidade. Também é possível que você possa excluir o aplicativo que instalou da loja de aplicativos de terceiros. Mais tarde, você pode reinstalar o aplicativo a partir de qualquer outra fonte confiável. No entanto, se um malware infectou seu dispositivo, a reinstalação do aplicativo não resolverá o problema.

6 - Os filtros de spam bloqueiam emails do seu dispositivo:

Se os filtros de spam bloquearem repentinamente o seu email e você não conseguir enviar emails do seu dispositivo, isso indicará que suas configurações de email foram modificadas. É uma indicação de que algum servidor não autorizado está controlando seu e-mail e o servidor está permitindo que outras pessoas leiam suas mensagens.

7 - Seu dispositivo está tentando acessar sites adversos:

No entanto, se você estiver usando seu método em uma rede que bloqueia o acesso a todos os sites e sistemas desafiadores conhecidos, você ainda descobrirá que estava tentando acessar esses sites sem o seu consentimento. Isso mostra que seu dispositivo foi infectado por algum malware. Além disso, todas as suas informações pessoais e privadas comprometeram.

8 - Sua bateria está consumindo muita energia:

Se o seu telefone estiver aquecendo bastante, isso indica um problema com a bateria. Isso também significa que sua bateria não é mais confiável e resistente o suficiente. Também pode levar a bateria a não permanecer carregada por um longo tempo.

Se você usa aplicativos de mídia social e joga regularmente no seu telefone por um longo tempo, seu dispositivo está aberto para invasores e hackers. Os invasores podem entrar através de spyware, o que também faz com que a bateria seja drenada.

9 - Interrupções incomuns do serviço:

Se você está tendo problemas para fazer chamadas às vezes, mesmo quando a intensidade do sinal é boa o suficiente, ou se você ouvir alguns barulhos estranhos durante a conversa, algo é suspeito..

Geralmente, todos esses problemas sugerem alguns problemas técnicos que têm vínculo e preocupação com a invasão, no entanto, o caso nem sempre é o mesmo. Portanto, se você notar todos esses sinais e sintomas, deve tomar as medidas preventivas necessárias.

10 - Bluetooth:

O Bluetooth é um modo que dá acesso a um hacker ou invasor sem deixar de tocar no telefone. É um tipo de hacking que permanece imperceptível pelos usuários. Pode até danificar e infectar os dispositivos ao redor se o modo Bluetooth estiver ativado.

No ano anterior, uma empresa de segurança 'Armis' reconheceu uma nova forma de ataque conhecida como '' BlueBorne ''. O ataque usou o Bluetooth para ter acesso ilegal e não autorizado a telefones celulares.

O ataque afetou quase 5,3 bilhões de dispositivos. Além disso, permite que os invasores obtenham controle dos dispositivos e acessem os dados e as redes da organização. A empresa relatou que metade dos ataques foram terríveis, com os dispositivos precisando apenas do modo Bluetooth para estar ativo. Dessa forma, os invasores obtêm acesso aos seus dispositivos e espalham malware.

Assim, os especialistas sugerem desligar o Bluetooth quando não for necessário. Além disso, esteja ciente de downloads duvidosos e links de URL em e-mails, mensagens de texto, serviços de mensagens, como o Facebook ou o WhatsApp, que podem causar danos ao seu telefone.

Além disso, se você observar que o Bluetooth está ativado enquanto não o fez, desligue-o e faça uma varredura.

11 -Ruídos de fundo:

Se você notar ruídos de fundo durante as chamadas telefônicas ou ao ouvir áudio, isso pode sinalizar que seu telefone celular pode ter comprometido.

Existe a possibilidade de alguém interromper todas as suas conversas. Além disso, alguém foi capaz de entrar no seu smartphone devido a algum bug de software ou hardware que pode ter ocorrido.

É essencial verificar regularmente o seu telefone para mantê-lo atualizado sobre qualquer mau funcionamento.

12 - Wi-Fi público:

O Wi-Fi público é outra maneira pela qual os hackers obtêm acesso às suas informações pessoais e privadas. Os hackers o fazem usando a conexão Wi-Fi do seu smartphone a um ponto de acesso público.

É bastante evidente que a conexão com o Wi-Fi público não é criptografada e os hackers geralmente usam diferentes técnicas e métodos para obter acesso. Os invasores podem apresentar a você um site falso, onde você é solicitado a fornecer seus detalhes. Pode ser bastante desafiador para identificar. Assim, especialistas sugerem não usar serviços bancários móveis e fazer compras através de redes Wi-Fi públicas..

Os invasores também podem configurar um ponto de acesso falso juntamente com a disponibilidade gratuita da Internet, usando o nome de um ponto de acesso confiável. Se você vir duas conexões de rede semelhantes, é um sinal claro de que seu telefone está em risco. É aconselhável não se conectar a nenhuma rede desse tipo.

Se você estiver usando uma rede Wi-Fi com a qual não está ciente de que ela pode ser afetada por malware. Ao começar a usar uma rede Wi-Fi, você deve monitorar a interface corretamente. Se tiver um logotipo um pouco diferente do esperado, é sinal de que você pode estar usando uma rede Wi-Fi incorreta.

Como se proteger?

Proteger seu smartphone contra hackers é realmente uma coisa importante e vital. Em geral, estamos fornecendo algumas dicas pelas quais você pode proteger seu smartphone contra hackers. As medidas preventivas são tão segue:

  1. Não abra nenhuma mensagem com um link de URL que não esteja claro. Nunca abra mensagens com um link que você não consiga ver.
  2. Não permita que seu telefone lembre suas senhas.
  3. Quando você carrega o telefone em um computador desconhecido, quando mostra as opções, escolha "Somente cobrando"..
  4. Desative a conexão automática ao recurso de rede Wi-Fi pública. Como substituto, escolha-os
  5. Adicione uma senha ao seu celular.
  6. Se você é um usuário do Android, deve instalar um programa antivírus confiável.
  7. Não faça compras ou transfira fundos online enquanto estiver usando uma rede Wi-Fi pública.
  8. Evite usar redes com nomes suspeitos ou duvidosos. Sempre escolha uma interface protegida por senha, especialmente se você estiver em algum lugar de um café ou hotel.

Pensamentos finais:

Proteger e proteger seus telefones de hackers é uma necessidade de tempo. Embora existam vários sinais pelos quais fica claro que alguém invadiu seu telefone com certeza.

É dever primordial de todo indivíduo adotar as medidas preventivas necessárias para evitar qualquer situação incerta e indesejada.